Fábrica de Robôs


O espetáculo Fábrica de Robôs, parte do Projeto Novas Caras, chega à Sala Álvaro Moreyra na terça-feira, 9. A montagem estará em cartaz todas as terças-feira de abril (9, 16, 23 e 30), sempre às 20h. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 25 (inteira) e R$ 12,50 (meia-entrada) na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo.

Sala Álvaro Moreyra
Todas as terças-feiras de abril (9, 16, 23 e 30), sempre às 20h
Entrada: R$ 25 (inteira) e R$ 12,50 (meia), na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo
Duração: 60 minutos

Sinopse:

Baseada na obra de Karel Tchápek, Fábrica de Robôs apresenta o cotidiano de uma gigantesca empresa de tecnologia responsável pela criação de máquinas tão perfeitas que seriam capazes de substituir o ser humano em todas as suas funções. Entre arquivos corrompidos, falhas no sistema e respostas automáticas, humanos e robôs se enfrentam na última batalha pela sobrevivência da espécie.

Para reproduzir a rigidez da fábrica, placas metálicas cobrem todo o fundo do palco. Nas laterais, paredes transparentes servem como saídas de cena que mantêm os atores sob olhar do público. Os espaços da fábrica são compostos por quatro estruturas de ferro, em forma de L, que são manuseadas pelos atores.

Uma peça de acrílico também assume diferentes funções e posições e ajuda a criar efeitos de luz e reflexos. Os figurinos, em tons de cinza a preto, são, em sua maioria, peças de alfaiataria customizadas para criar um ar futurístico/fashionista. A maquiagem procura reproduzir um visual plastificado, e os cabelos são puxados com gel, para representar a artificialidade dos personagens. A sonoplastia é produzida pelos próprios atores, pela voz ou objetos, e amplificados e/ou modificados por microfones que são utilizados durante a peça. Também há alguns efeitos sonoros e trilha musical para estabelecer os climas ao longo da história. A luz utilizada é, majoritariamente, fria, com destaque para a luz azul. Também são utilizados lasers e lanternas em cenas específicas. As placas metálicas interagem com a luz e ajudam a compor a estética da peça.

Ficha técnica
Direção: Camila Bauer
Direção Coreográfica: Carlota Albuquerque
Direção Musical: Everton Rodrigues
Elenco: Alexei Goldenberg, Artur Luzardo, Cristiano Nascimento, Ewillyn Lopes, Franco Mendes, Gabriel Martins, Henrique Lago, Leandra Kruger, Luiza Waichel, Natália Ferreira, Pâmela Manica, Rafael Dorneles, Renata Lorenzi, Yuri Amaral, Zé Passos
Dramaturgia: Pedro Bertoldi, Camila Bauer e Carina Corá, escrita colaborativamente a partir de textos do elenco e da obra Fábrica de Robôs, de Karel Tchápek.
Criação e Operação de Luz: Ricardo Vivian
Operação de som: Vitório Oliveira Azevedo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s