Prêmio Tibicuera 2002

Indicações ao Tibicuera de teatro infantil 2002

Melhor Espetáculo:
A história do príncipe que nasceu azul
O natal de Natanael
Sacy Pererê – a lenda da meia-noite
Melhor Direção:
Alexandre Fávero (Sacy Pererê – a lenda da meia-noite)
Marcelo Aquino (A história do príncipe que nasceu azul)
Melhor Atriz:
Áurea Baptista (A história do príncipe que nasceu azul)
Karen Radde (Peter Pan)
Raquel Grabauska (A família sujo)
Melhor Ator:
Cristiano Braun (Pé de pilão)
Fábio Gonzales (A roupa nova do rei)
Gabriel Besnos (A roupa nova do rei)
Maykel Teixeira (A caravana da alegria)
Maykel Teixeira (A história do príncipe que nasceu azul)
Melhor Atriz Coadjuvante:
Fernanda Silva (A história do príncipe que nasceu azul)
Lúcia Bendati (Peter Pan e Branca de neve e os sete anões)
Luciane Prestes (Pé de pilão)
Vika Schabbach (A família sujo)
Melhor Ator Coadjuvante:
Dionei Valler (A roupa nova do rei)
Gustavo Curti (Branca de neve e os sete anões)
José Alessandro (Pé de pilão)
Luciano Figueiró (Pé de pilão)
Marcelo Aquino (A história do príncipe que nasceu azul)
Melhor Cenografia:
Alexandre Fávero (Sacy Pererê – a lenda da meia-noite)
Marcelo Aquino (A história do príncipe que nasceu azul)
Tânia de Castro (Pé de pilão)
Melhor Figurino:
Filippe MG (Peter Pan)
Luciana Éboli e Tânia de Castro (Pé de pilão)
Mayke Teixeira (A história do príncipe que nasceu azul)
Melhor Iluminação:
Alexandre Fávero (Sacy Pererê – a lenda da meia-noite)
Anilton Souza (Pé de pilão)
Nara Maia (A história do príncipe que nasceu azul)
Melhor Trilha Sonora:
Arthur de Faria (A história do príncipe que nasceu azul)
Gustavo Finkler (A família sujo)
Gustavo Finkler (Sacy Pererê – a lenda da meia-noite)
Melhor Produção:
Ladoclarodalua (A história do príncipe que nasceu azul)
Lívia Ferreira (Peter Pan)
Cia Halarde de Teatro (Pé de pilão)

Premiação Tibicuera 2002

Melhor diretor: Alexandre Fávero (Sacy Pererê)
Melhor ator: Maykel Teixeira (A História do Príncipe que nasceu Azul)
Melhor atriz: Áurea Baptista (A História do Príncipe que nasceu Azul)
Melhor atriz coadjuvante: Fernanda Silva (O Príncipe)
Melhor ator coadjuvante: Dionei Valler (A Roupa Nova do Rei)
Melhor espetáculo: A História do Príncipe que nasceu Azul
Melhor figurino: Maykel Teixeira (A História do Príncipe que nasceu Azul)
Melhor cenário: Tânia de Castro (Pé de Pilão)
Melhor iluminação: Alexandre Fávero (Sacy Pererê – A lenda da meia noite)
Melhor trilha sonora: Gustavo Finklen (Sacy Pererê – A lenda da meia noite)
Melhor Produção: Cia Halarde de Teatro (Pé de Pilão)

Comissão Julgadora:
Edilaine Ricardo Machado, Fernando Schneider Ochôa, Giancarlo Lemos Carlomagno, Hélio Edelmiro da Silva Barcellos, Léo Sant’Anna, Luciene Adams Teixeira, e Tatiana Silva de Carvalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s