Oficina cênica sobre experiências não vividas, com Juan Navarro e Oscar Cornago


Oficina cênica sobre experiências não vividas, com Juan Navarro e Oscar Cornago

Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre

De 08 a 13 de abril das 18h às 22h

Local: será divulgado posteriormente
Intervenção 14 de abril, das 14h às 16h
Carga horária: 24h
Inscrições até 30 de março.

Inscreva-se aqui

A proposta da oficina é trabalhar fisicamente experiências não vividas. Fantasiar sobre o não vivido para criar um contexto físico puro, sem especulações políticas ou morais. Criar um quebra-cabeças de experiências físicas que sustentará de forma não dramática aspectos e temáticas insignificantes sobre a vida doméstica, sobre a intimidade das pessoas, que na realidade é o que as preocupa. Esses fragmentos entre a intimidade e a fantasia desses lugares não vividos se consolidarão como uma intervenção no espaço público ao final de uma semana de trabalho. Uma oficina de criação cênica supõe inventar um espaço no qual todos os participantes possam se expor com generosidade a certas ideias e propostas com resultados improváveis ou imprevisíveis. O trabalho cênico trata justamente disso, fazer provável o imaginário, o que não chegou a ser.

Juan Navarro trabalha como ator e diretor de companhias que são referência do teatro contemporâneo Europeu: Cia La Fura Del Baus, nos anos 90, Anita Saij de Dance Lab (Copenhagen), Einstürzende Neubauten (Berlim), Roger Bernat da General Elétrica (Barcelona), Sara Molina (Granada). A partir do ano 2000 firma parceria com Rodrigo Garcia e La Carnicería Teatro em obras como: “La história de Ronald, el payaso de Mc Donalds” “Muerte e reencarnacion en un Cowboy”. Realizou cursos e oficinas na Escuela Superior Diseño Elisava de Barcelona, Universidade Popular de Bogotá (Colômbia) Teatro Luiz Perazar de Caracas (Venezuela), Centro de Experimentación escénica La Poderosa de Barcelona e Garage 29 de Bruxelas.

Oscar Cornago é teólogo e doutor em artes cênicas. Fez doutorado em Humano e Divino na Universidade Autônoma de Madrid em 1997. Desde então, vem estendendo suas teorias através de livros, cursos e conferências, circulando por festivais ao redor do mundo. Na América Latina, trabalhou em missões dentro de várias universidades, com arte e cultura. Atualmente desenvolve seu estudo a partir da sede do Centro de Ciências Humanas e Sociais do Conselho Nacional de Pesquisa em Madrid.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s