SEMANA JULIO ZANOTTA


PARA ATORES LIBERTINOS E DIRETORES LICENCIOSOS
 

Nove noites de leituras dramáticas de textos inéditos dirigidas por importantes diretores da cena porto-alegrense. As apresentações ocorrem entre os dias 19 de agosto a 27 de agosto, na sala Álvaro Moreyra, às 20h, com entrada franca.
 
Os diretores Bob Bahlis, João de Ricardo, João Ubiratan Vieira, Roberto de Oliveira, Léo Maciel e Arlete Cunha vão dirigir as leituras dramáticas. Cada um é responsável por um texto. As duas últimas noites são destinadas para os textos breves eróticos com direção de Daniel Colin e Tainah Dadda. Essa é terceira homenagem da CAC a artistas do teatro gaúcho: a primeira foi Vera Karam, em 2009, e o segundo foi Ivo Bender, em 2011.
 
Julio Zanotta
Escritor e dramaturgo. Nasceu em Pelotas em 1950. Foi um dos fundadores do grupo teatral Ói Nóis Aqui Traveiz, que iniciou sua trajetória com dois textos de sua autoria:A Divina Proporção e A Felicidade Não Esperneia, Patati-Patatá. Em 2003, recebeu o Prêmio Funarte de Dramaturgia pelo espetáculo Milkshakespeare. Publicou vários livros, entre eles: LoucoE Nas Coxilhas Não Vai Nada?Teatro Lixo e O Apocalipse Segundo Santo Ernesto De La Higuera.

Confira a programação completa:

O Homem Jaguar Pássaro Serpente
 Antigo deus Inca regressa ao Perú disfarçado de mochileiro e faz uma viagem alucinógena pelo mundo Andino.Conta a história do Homem Jaguar Pássaro Serpente, antigo deus que regressa ao Perú disfarçado de mochileiro.

É uma viagem alucinógena pelos mitos e pela história social e antropológica do mundo andino. A Cordilheira do Andes, com toda sua imponência, é o cenário da viagem do Homem Jaguar Pássaro Serpente. Ao mesmo tempo em que busca suas raízes procura compreender o que aconteceu em cinco séculos de dominação colonial.
O argumento é realista e mágico, delirante em seus mistérios, pirado nas alegorias e ambientações exóticas.  

 

 

19/8 – segunda-feira, 20h- Sala Álvaro Moreyra
Classificação: livre
Direção: Roberto Oliveira
Elenco: Junior Sifuentes, Elisa Heidrich, Francine Kliemann, Pablo Damian, Pingo Alabarce, Jéssica Barbosa, Paulo Roberto Farias e Luiz Manoel Oliveira
 
 
Louco
Dois personagens presos no horror e no fascínio da loucura.
Dois personagens presos no horror e no fascínio da loucura sucumbem a um estranho sortilégio (ou privilegio). Perdem o controle numa privação extrema que para eles é a suprema liberdade.
No hospício não há truque. Varga e Gilda encaram esse mundo quase só de sombras inarredáveis e luzes ofuscantes, num desequilíbrio da perspectiva. Entre a normalidade e a insanidade o mundo tece sua malha correcional e os dois personagens do texto tornam-se cada vez mais delirantes. Para eles, a loucura é horror, a loucura é fascínio. O autor aconselha o espectador a fugir.

20/8  – terça-feira, 20h- Sala Álvaro Moreyra
Elenco: Arlete Cunha, Renato Del Campão e Edu Kraemer
Classificação:18 anos

 
Ulisses no País das Maravilhas
Escritor fracassado encontra garota numa noite em que a cidade é tomada pela rebelião e envolvem-se em suas dores e nostalgias.
Ulisses, escritor fracassado, encontra Maria Clara, garota sensível, num clima de ruína, dúvidas e angustia. Armam um jogo de sedução e descontrole. Maria Clara fala das suas dores.
Ulisses está sozinho e desgarrado, vive apenas de nostalgias. Maria Clara conta que está esperando a chegada do noivo, com quem vai casar para escapar do jugo familiar. Ulisses não aceita, fica indignado.

Os dois vivem um pesadelo. Maria Clara não é uma boneca submissa. Ulisses vende sua caneta, a última coisa que lhe resta, para comprar droga. Está perplexo com o que ficou sabendo.
            Abraçam-se. Ulisses está dilacerado. Maria Clara está arrasada.

 

21/8 – quarta-Feira, 20h- Sala Álvaro Moreyra
Elenco: Ana Paula Schneider e Elison Couto  
Classificação: 18 anos

 
Luiza Felpuda
Texto para teatro inspirado no assassinato de Luiza Felpuda, homossexual, proprietário de uma casa de encontros famosa em Porto Alegre.
Musical dramático. Ficção baseada no bárbaro assassinato de Luíza Feluda, homossexual dono de uma casa de encontros  famosa em Porto Alegre.

Um dos suspeitos do crime, o travesti Joelma, é interrogado e torturado no pau-de-arara por um delegado viciado em drogas que mantém uma ambígua relação com Luísa Felpuda.
Jairo, o assassino, é preso dois dias depois do crime. É um jovem perturbado, agressivo e, ao mesmo tempo, emotivo. Perdido numa malha de circusntâncias adversas é incapaz de achar uma saída para sua própia vida.

 


22/8 – quinta Feira, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: Léo Maciel
Elenco: João Carlos Castanha, Lauro Ramalho, Rafael Ewald e Rafael Tombini Kerber
Luz: Moa Junior
Classificação: 18 anos
 

A Ninfa Dragão
Instituto científico de vanguarda cria uma maravilha genética.
Norton, nascido no vórtice do universo, penetra na atmosfera da Terra e cai na Amazônia. Dez mil anos depois é encontrado e levado para o Instituto Jacutinha, um centro científico de reputação internacional. Nos seus laboratórios acaba de ser criada uma maravilha genética, a Ninfa Dragão, homem e mulher num só corpo. A notícia sacode a sociedade interplanetária do século XXI.Mas alguma coisa deu errada. A Ninfa Dragão nasce com terríveis distorções anatômicas. Os cientistas introduzem Norton no interior da Ninfa Dragão para encontrar o código secreto que lhe permitirá recobrar sua forma original.

23/8 – sexta-feira, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: João de Ricardo
Elenco: Andressa Cantergiani, Carina Sehn, João de Ricardo e Walney Costa
Som: Roger Canal
Classificação: 16 anos

 
Amor no Facebook
Narra uma relação amorosa verídica, baseada em mensagens de amor, paixão e utopia trocadas no Facebook entre os amantes clandestinos.A peça narra uma relação amorosa verídica, baseada em quase 2.000 mensagens de amor, paixão e utopia trocadas no Facebook entre os amantes clandestinos.

Tem uma co-autora, que permanece no anonimato. O texto original ocupa 299 páginas, que foram reduzidas a 40 para a versão teatral.
O pesamento poligâmico dela enfrenta a condenação moral. Ele e Ela tem a coragem de ousar com sensibilidade e afetividade. Impõe-se uma outra realidade inevitável e, certamente, muito necessária.





24/8 – sábado, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: Bob Bahlis
Elenco: Luciana Domiciano e Guilherme Barcelos
Trilha: Marcelo Naz
Luz: Marga Ferreira
Classificação: livre

 
Baudelaire
Baudelaire é a crônica da vida. O texto gira em torno do encontro fictício de Baudelaire, na hora de sua morte, com um misterioso personagem, Mefisto.
Ao assumir no seu sonho as experiencias da vida e as aparencias do mundo, Baudelaire dá às suas evocações um caráter original, sublime e satânico. Insurge-se contra as convenções e perturba aqueles a quem oferece suas miragens. O texto aborda as relações aberrantes que o poeta manteve durante toda a sua vida.
A busca incansável de Baudelaire no sentido de criar uma poesia nova leva-o a projetar em torno de si uma aura impenetrável. do primeiro poeta moderno e sua luta para encontrar a consciência radiante de si mesmo.

25/8 – domingo, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: João Ubiratan Vieira
Elenco: Carlos Cunha, Lurdes Eloy, Andréia Vargas e João Ubiratan Vieira
Classificação: livre
  
Teatro  porNÔ

26/8 –  segunda-feira, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: Daniel Colin
Elenco: Guadalupe Casal e Ricardo Zigomático
Classificação: 18 anos
 







Lua de Mel em Buenos Aires
Estranho casal em lua de mel encontra Jorge Luis Borges em Buenos Aires.
A enchente
Garoto ingênuo e camponesa devassa se refugiam num galpão durante enchente.
O Fantasma do Barão
Um antiquário e uma arquiteta passam a noite num quarto mal assombrado.
O Caralho Voador
O Caralho Voador chega do espaço e recebe uma oferenda.
Ação na Madrugada
Policiais violentos invadem apartamento em busca de traficante.
O Profanador
Viúvo enlouquecido por amor abre a tumba da esposa.
 
27/8 –  terça-feira, 20h – Sala Álvaro Moreyra
Direção: Tainah Dadda
Elenco: Ekin e Douglas Dias
Iluminação: Maíra Prates
Classificação: 18 anos
 
A Mulher Crucificada
Em meio a uma revolução na província, padre encontra mulher crucificada na igreja.
A Anarquista Virgem
Confronto político e sexual entre anarquistas radicais.
Muito Além das Nuvens Prateadas
Uma astronauta russa e um norteamericano realizam experiência na Estação Espacial.
O Beijo da Besta
Antigo ritual secreto é retomado por iniciados.
 
 
.  
 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s