Hotel RosaShock


◈  Local: Sala Álvaro Moreyra.
  Dias: de 10 (quinta) a 20 de novembro, de sexta a domingo, às 20h.

  Duração:  80 minutos.
  Indicação:  14 anos.
  Entrada: Inteira no Local R$ 40 e meia R$ 20.

hotel-rosashock-gustavo-razzera-1

Foto Gustavo Razzera

Discute, através das diferenças aparentemente inconciliáveis entre suas personagens, a questão do preconceito, não só ante aquilo que não se conhece, mas também, ante aquilo que é inconcebível como estrutura social e estilo de vida. No decorrer da narrativa, revela-se a intolerância às diferenças sociais, raciais, culturais e sexuais, mas também ocorre uma transformação destes preconceitos em novas posturas, novas concepções, gerando novas formas de relacionamento, formando, assim, um panorama bastante rico do nosso mundo contemporâneo.

Hotel Rosa-Flor é como se chama um hotel de repouso na serra gaúcha. Rosa-Flor, a proprietária, recebe com a ajuda de Deise, a camareira, as hóspedes Jane Marie, uma condessa européia, Helena, uma dona de casa, Beatriz, uma ex-modelo e Maira, uma advogada. A peça se passa no espaço da portaria do hotel e de um mezanino que leva aos quartos. Durante a peça, vão se revelando os dramas pessoais de cada uma e as personagens se deparam, a todo o momento, com seus preconceitos sociais, raciais e sexuais. Várias visões de mundo se contrapõem durante a narrativa, obrigando as personagens a reverem muitas de suas inabaláveis certezas.

Nesta remontagem, as personagens serão interpretadas por atores caracterizados para os papéis femininos. O objetivo desta opção é acirrar as contradições dos gêneros e criar um painel de intricadas redes de papéis sexuais que, certamente, engrandecerão a história que será contada. Alguns textos serão musicados e coreografados para mesclar o tom realista com o teatro musical, uma opção bem compatível com a nova estética que a remontagem propõe.

➤  Texto e direçãoPatsy Cecato.
➤  Assistência de DireçãoFernanda Moreno.
➤  Elenco: Carlos Paixão, João Carlos Castanha,Áquila Mattos, Luiz Manoel Oliveira Alves, Everton Barreto, Andryos Otto Montanari e participação especial de Caio Prates como Helga.
➤  Iluminação: Bruna Immich.
➤  SonoplastiaIsmael Goulart.
➤  Cenário e adereçosValeria Verba.
➤  Figurinos: Kika Freitas, Andryos Montanari, Everton Barreto, João Carlos Castanha e Luiz Manoel Oliveira Alves.
➤  Visagismo: Nikki Goulart.
➤  Direção coreográficaNilton Gaffree Jr.
➤  Direção Musical: Manoela Wilhelms Wolff.
➤  Fotos: Gustavo Razzera.
➤  Vídeos: Gabriel Ditelles.
➤  Produção Executiva, Assessoria de Imprensa e Mídias SociaisGustavo Saul.
➤  Direção de Produção: Patsy Cecato.
➤  Realização: Complexo Criativo Cômica Cultural.

Página no Facebook.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s