PROGRAMAÇÃO


Teatro

 

Adão, Eva & Outras Histórias

Onde: SALA ÁLVARO MOREYRA

Datas: 12 e 13 de dezembro, terça e quarta-feira às 20h30

Entrada: R$ 20,00

Sinopse: O Núcleo de Formação de Atores do Depósito de Teatro prepara mais uma estreia dos seus alunos: “Adão, Eva & Outras Histórias”. A peça reúne as seguintes peças curtas: “A Florista e o Visitante”, de Vera Karan; “Conexão com o Além”, de Dedé Ribeiro; e “Adão e Eva”, de Stella Bento. A primeira trata de um casal cujo interesse um pelo outro esbarra no comportamento obsessivo de cada um. “Conexão com o Além” conta a história de um casal que quer se comunicar espiritualmente com sua filha. E “Adão e Eva” faz uma releitura bem humorada da conhecida história bíblica.

Ficha Técnica

Textos: Vera Karan, Dedé Ribeiro e Stella Bento.

Direção: Roberto Oliveira e Elisa Heidrich

Elenco: Dardo Lorenzo Bórnia Jr., Domênica Camatti, Igor Vianna, Luli Duncan, Nicolas Aguiar e Patrícia de Vargas.

 

Circo

Nós

Nós1- crédito Sal Fotografia
Foto: Sal Fotografia

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Datas: 1°de dezembro, sexta-feira, às 20h, e dias 02 e 03 de dezembro, sábado e domingo, às 16h e às 20h.

Classificação: Livre

Duração: 60 minutos

Entrada: R$40,00 inteira e R$20,00 meia entrada (estudantes, idosos e classe artística)

Sinopse: ‘Nós’ é o espetáculo comemorativo do aniversário dos 10 anos do Espaço-Escola Circo Híbrido. Sua concepção parte de histórias pessoais e coletivas, de relatos e poemas escritos pelos alunos sobre suas experiências na escola. Partindo de uma concepção poética vivencial, é um espetáculo feito no entre, nesse espaço de troca que acontece – alunos/professoras/artistas/escola – formando o que nos constitui enquanto lugar de arte-ensino-aprendizagem, há tantos anos povoado de dança e circo. Em cena, coreografias criadas a partir das sensações que constroem essa rede de relações: afetos, medos, mudanças, provocações, superações, conquistas, desafios e descobertas. Será uma narrativa poética e dançante, conduzida por uma personagem que descobre a dança aérea e o circo, e vai resignificando seu cotidiano a partir de novas sensações, passando pelas coreografias de alguma maneira, conduzindo, dançando junto ou falando uma poesia. Dentro desse contexto, a sonoplastia será feita com músicas instrumentais intercaladas com poemas e a concepção de figurinos, cenografia e iluminação estará relacionada com atividades cotidianas, criando ambientes acolhedores nas cenas.

 

Ficha técnica:

Produção: Circo Híbrido Direção Geral: Tainá Borges e Lara Rocho Orientação

Coreográfica: Tainá Borges, Lara Rocho, Juliana Teixeira Coutinho, Simone Balestro, Mariana Kich, Heloísa Nequete, Renata Ibis

Cenografia e produção de palco: Luís Cocolichio Iluminação: Mirco Zanini

Operação de som: Vado Vergara Bailarinos-criadores: Tainá Borges, Lara Rocho, Mariana Kich, Simone Balestro, Lívia Iglin, Belize Leite, Renata Ibis, Larissa Liss, Cintia Warmling, Almog Griner, Raquel Braun, Ana Laura de Almeida, Juliana Brum, Clarissa Marchetti, Vado Vergara, Heloísa Nequete, Ferhi Mahmood, Amanda Oshida, Tao Ferreira Ruiz, Núbia Machado, Carolina Alberici

Dança

 

Vincent – Obra contemporânea em dança performativa

Vicent - Foto Laura Pompermaier
Foto Laura Pompermaier

Onde: SALA ÁLVARO MOREYRA

Datas: 02 e 03 de dezembro, às 20h

Classificação: 14 anos

Duração: 50 minutos

Entrada: R$20,00 inteira e R$10,00 meia entrada (estudantes, idosos e classe artística)

Sinopse: Vincent tem uma conduta de criação que explora um trânsito atemporal, entre poéticas que se constituem de atravessamentos múltiplos. A vida e a condição psíquica de Van Gogh são transpassadas pelas particularidades de cada intérprete-criador na construção de sua cartografia de movimentos. esta criação propõe o uso de diversas linguagens diluídas entre si, como a Dança e as Artes Visuais amalgamadas pelo viés performativo.

Ficha técnica:

Diretor Cênico / Intérprete Criador:Daniel Aires

Intérprete Criador: Fellipe Resende e Richard Salles

Som: Ana Paula Reis

Iluminação: Luka Ibarra

Direção Geral: Verônica Prokopp

 

Um Abraço à Meia Luz – Um conto dançado pelos recantos da cidade

23316363_1503294176374438_1757348252825666594_n (1)
Foto: Roberta Paiva

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Datas: 9 e 10 de dezembro, sábado e domingo, às 20h

Entrada: R$ 25,00 inteira

Sinopse: Um casal se conhece na última dança de um baile de Gala, se encantam um pelo outro, mas logo se desencontram. O desejo de se encontrarem novamente leva o casal a passar por ambientes comuns de nosso cotidiano onde histórias serão dançadas. Esta é uma história com o corpo, com a dança de salão. Este é o ponto de partida de Abraço à meia luz. Um espetáculo que reúne dançarinos de salão profissionais, alunos e amadores num passeio dançado pela cidade através da linguagem da dramaturgia em dança.

Ficha Técnica:

Produção: Gafieira Club

Estrelado:  Luis Henrique Severo e Luana Veras Weinmann

Direção Artística:  Karenina de Los Santos

Produção Executiva:  Fábio Magalhães

Coreográfia: Gafieira Club

 Iluminação: Kevin Brezolim

 

Escolas Preparatórias de Dança – Centro de Dança

imagem174746
Foto: Juliana Alabarse

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Datas: 12 e 13 de dezembro, terça e quarta-feira, às 20h

Entrada: Gratuita

Sinopse: O palco do Teatro Renascença recebe mais de 200 jovens e crianças para a Mostra Artística das Escolas Preparatórias de Dança (EPDs). As Escolas Preparatórias de Dança são um projeto desenvolvido em parceria pelas secretarias municipais de Educação (SMED) e de Cultura (SMC) com a Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, em que cerca de 370 estudantes participam de aulas envolvendo múltiplas linguagens de dança. As escolas da Rede Municipal de Ensino funcionam como sedes do projeto: as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF), Senador Alberto Pasqualini, na Restinga; José Loureiro da Silva, no Cristal; Pepita de Leão, no Passo das Pedras; Deputado Victor Issler, no Mario Quintana; e Dr. Liberato Salzano Vieira da Cunha, na Vila Elizabeth.

As turmas que se apresentam, participam de um programa semanas de 15 horas de aulas em turno inverso, participando de aulas de balé, danças urbanas, sapateado americano, dança contemporânea, jazz. A apresentação é oportunidade de trazer algumas das turmas para vivenciar a experiência de palco e poder oferecer à comunidade a possibilidade de ver os resultados desse trabalho.

 

Cia. Municipal de Dança

SCANNER__Cintia Bracht_(4)
Foto: Cintia Bracht

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Datas: 16 e 17 de dezembro, sábado e domingo, às 20h

Entrada: Gratuita

O programa da noite terá abertura com a Cia Jovem de Dança, apresentando Parmi, de Driko Oliveira e prossegue com a coreografia Scanner, que integrou o espetáculo Adágio, de 2016, com direção de Airton Tomazzoni e criação coreográfica coletiva com o elenco.

 

Sinopse Parmi: PARMI é um espetáculo idealizado pela Cia Jovem de Dança, foi criado entre vontades, dificuldades, incertezas e pode ser traduzido, segundo os jovens bailarinos, como “reflexo da própria vida, na qual muitas coisas estão encobertas e onde diferentes relacionamentos são estabelecidos”. A Cia Jovem de Dança reúne alunos das Escolas Preparatórias de Dança de cinco bairros da periferia, composta por 20 crianças e adolescentes, nesse sentido, Parmi foi construído com muito trabalho e força de vontade como a voz dessas crianças.  Equilíbrio, limite, angústias, encontros e relações… Em Parmi há a necessidade de ver com outros olhos, pois nem tudo se encontra às claras. Uma parte grande, pequena ou insignificante, encontra-se encoberta. É necessário revelar a outra face… que face?

Sinopse Scanner: Na obra Scanner, que já foi apresentada em turnê nacional, os bailarinos fazem uma varredura do palco, como nos aparelhos de digitalização de imagens: os scanners. Danças, movimentos, sequências coreográficas e referências da cultura contemporânea vão sendo incorporados às atitudes e ações que vão se transformando a cada vez que essa linha humana vai cruzando o palco.

Ficha Técnica:

Parmi

Direção: Stephanie Cardoso

Elenco: Amanda Ramos, Danny Vargas, Flavio Fraga Gimenes, Jean Ferreira, Jéssica Paim, Laíza Teles, Lívia Abade da Silva, Lyagner Nunes dos Anjos, Maria Clara Prates, Maria Eduarda Silveira, Marielly Cruz, Naielí Cardoso, Natasha Melo, Náthali Rafaela Barbosa, Paola Baldissera, Rafael Nascimento, Raynner Victor, Tatiele Cardozo e Victória de Paula.

Scanner

Direção Artística: Paula Amazonas

Direção Executiva: Neca Machado

Elenco: Adriano Oliveira, Andressa Pereira, Juliana Coutinho, Leonardo Maia, Kleo D’Santys, Maurício Miranda, Pamela Agostini, Stephanie Cardoso, Tom Nunes e Victoria Bemfica. Os figurinos são de Antonio Rabadan.

 

Música

 

Acústicos & Valvulados 

Acústicos e Valvulados - Foto David Reis - PyraFilmes
Foto: David Reis

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Datas: 05 de dezembro, terça-feira, às 20h30 e 06 de dezembro, quarta-feira, às 22h30

Classificação: Livre

Duração: 90 minutos

Entrada: R$50,00 inteira e R$25,00 meia entrada (estudantes, idosos e classe artística)

Sinopse: A carreira do Acústicos e Valvulados é premiada com 25 anos de estrada,muitos show na bagagem e uma grande vontade de comemorar isso e premiar o público da capital em um teatro magnífico como o Renascença.A temporada será o encerramento da turnê em comemoração aos 25 anos da banda. O espetáculo é concebido em cima da formação da banda ,não será utilizado cenário para o momento .A idéia é criar uma atmosfera de proximidade com o público que ama as canções da banda.Serão apresentados os maiores sucessos dos 25 anos de carreira do artista.

Ficha técnica:

Voz e Violão: Rafael Malenotti

Bateria e Voz: Paulo James

Guitarra e Voz: Alexandre Móica

Guitarra: Daniel Mossmann

Baixo e Voz: Diego Lopes

Técnico de Aúdio: James Onzi

Técnico de Luz:Gilberto Aquino

Roadie: Robson Santos

Roadie: Rodrigo Costa Leal

 

Mistura de Pele

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Data: 7 de dezembro, quinta-feira, às 20h

Entrada: Gratuita

“Mistura de Pele” é um evento que apresenta 10 grupos de artistas de diversas áreas como o Rock, Rap, Dança Urbanas, Pagode, Dança Afro, Tradicionalismo, Funk Positivo. Tudo isso no palco do Teatro Renascença dia 07/12 as 19:00 entrada franca para, como o próprio nome já diz: misturar as peles.
O projeto surgiu na vontade de dar visibilidade a artistas e produtores das diversas comunidades da cidade. E foi através da Becos e Vielas, Coletivo Cultural Restinga e A.C.O., que há anos realizam ações culturais e sociais em todas as comunidades do país. O intuito é de difundir e fortalecer a cultura, a arte e a educação como instrumento de transformação social dentro de comunidades.

Realização:
Becos e Vielas, Coletivo Cultural Restinga, ACO ( Associação Cultural dos Oficineiros).

Apoio:
Secretária do Povo Negro, Secretária de Cultura, Prefeitura de Porto Alegre.

 

Cidadãos do Samba

EM PRETO E BRANCO CREDITOS DA FOTO ANDERSON CORREA
Foto: Anderson Correa

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Data: 14 de dezembro, quinta-feira, às 20h  

Classificação: Livre

Sinopse: Anderson Corrêa e a banda “Sintonia Agudá” vem neste projeto divulgar a obra autoral do mestre Paraquedas.  O projeto que reúne a obra autoral do mestre Paraquedas tem como finalidade resgatar, através da arte musical, todo o potencial dos talentos da nossa música afro gaúcha.

O espetáculo será interpretado pela voz do cantor Anderson Corrêa e terá na formação do elenco, o próprio Paraquedas no vocal, três cantores convidados, o grupo de dança de Iara Deodoro do Afrosul, Areal do Futuro e os músicos Dany Meskal, no violão e Clóvis Augusto, na bateria. Serão executadas 16 músicas autorais do Mestre Paraquedas. Reunindo a importância, deste compositor da geração de nossos grandes sambistas da velha guarda, no meio cultural de Porto Alegre, nesta singela homenagem.

FICHA TÉCNICA

 Produção musical: Danny Meskal

Direção executiva: Delma Gonçalves.

Violão: Danny Meskal,

Bateria: Clovis Augusto

Vocal: Anderson Corrêa

Cuíca: Daniel Gonçalves

Convidados especiais: As Três Marias, Joice Mara, Marietti fialho, Sirilo da Fusão, Bloco Meninos do Areal do futuro e Grupo de dança Afrosul Odomodê de Iara Deodoro.

Iluminador: Daniel Alves

Sonorização: Clauber scholles

Colaboradores: Antonio Plínio Mattos da Silva/ Joseane /Iara Deodoro/Paulo Romeu

APOIADORES: AGÊNCIA PADRINHO/AFROSUL ODOMODÊ.

 

O Maestro, o Malandro e o Poeta 

o maestro, o malandro e o poeta - foto Felipe Gaieski
Foto:Felipe Gaieski

Onde: TEATRO RENASCENÇA

Data: 19 de dezembro, terça-feira, às 21h

Entrada na Hora: R$ 80 inteira, R$ 40 meia

Entrada Antecipada: R$ 70,00 inteira e R$ 35,00 meia a venda na AliMentha Casa Saudável (R. Lima e Silva, 744, Cidade Baixa).

Há onze anos, de um encontro oportuno entre bandas de Porto Alegre consolidou-se um projeto de grande alcance cultural. Integrantes das bandas “Roda Viva”, “Tribo Brasil” “Antenório” e a cantora “Nani Medeiros” uniram-se em torno do interesse comum de celebrar a música popular brasileira, com dramaturgia de Artur José Pinto e através das composições de três figuras emblemáticas de nossa cultura: Tom Jobim, Chico Buarque e Vinicius de Moraes.

O projeto “O Maestro, o Malandro e o Poeta” conta com doze músicos talentosos utilizando naipes de cordas, vozes, ritmistas, piano e flauta para dar vida às músicas dos três compositores, abordando suas parcerias e encontros com outros compositores da época.

FICHA TÉCNICA

Voz: Gabriel Maciel , José Leandro Luz e Nani Medeiros

Baixo e Voz: Juliano Luz

Violão 7: Mathias Pinto

Flauta: Felipe Bohrer

Cavaquinho e Bandolim: Vinicius Ferrão

Piano: Fernando Leitzke

Bateria: Lucas Dellazzana

Percussão: Gabriel Cabelo, Jeferson Azevedo e Guilherme Sanches

Dramaturgia e Direção cênica: Artur José Pinto

 

IN C+50

AURÉLIO EDLER-COPES _ RECITAL
Foto: Débora Bertol

Onde: SALA ÁLVARO MOREYRA

Data: 20 de dezembro, quarta-feira, às 20h

Duração: 1h

Classificação: Livre

Ingressos: R$30,00

Sinopse: Composta por Terry Riley em 1964, In C é uma partitura formada por 53 módulos que devem ser tocados consecutiva e repetidamente por um grupo instrumental indefinido, em uma duração de cerca de 45 minutos. Uma música etérea, hipnótica e enigmática, considerada a primeira e seminal obra do movimento minimalista no início dos anos 60 e que desde a sua criação tem influenciado não só artistas de música clássica contemporânea, mas também músicos de pop, rock e eletrônica em todo o mundo.

Em 2014, o compositor e guitarrista brasileiro radicado em Paris, Aurélio Edler-Copes, desenvolveu o projeto IN C+50, uma homenagem a este monumento da música do século XX no seu 50º aniversário. IN C+50 apresenta uma nova e vibrante versão de In C para guitarra solo e 17 delays virtuais e espacialização em 8 canais. Esta nova versão difere da original ao ser realizada por um único intérprete – o que lhe confere um som homogêneo – e cria, através da eletrônica em tempo real, uma multiplicação da guitarra elétrica em um cânone difundido nos alto-falantes em torno do público.

Ficha Técnica:

Músico: Aurélio Edler Copês (guitarra)

Produção: Vera Edler Produções

Som e Luz: Prego

 

Literatura

 

Curso:  “Dúvidas Atrozes de quem escreve”

Com Cláudio Moreno

Reconhecido gramático, professor aposentado da UFRGS, atualmente professor regular da Teleaulas de Língua Portuguesa da Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro. Na imprensa, assinou uma coluna mensal sobre etimologia na revista Mundo Estranho, Ed. Abril, e escreve regularmente no Jornal Zero Hora, de Porto Alegre, onde mantém uma seção sobre Mitologia Clássica e outra sobre questões de nosso idioma. Entre suas publicações estão Redação Técnica (Formação), Curso Básico de Redação (Ática) e Português para Convencer (Ática). Sobre gramática, publicou o Guia Prático do Português Correto pela L&PM: Ortografia (2003), Morfologia (2004) e Sintaxe (2005). Pela mesma editora, lançou O Prazer das Palavras – v.1 (2007) e v.2 (2008), com artigos sobre etimologia e curiosidades de nosso idioma.

Onde: Centro Municipal de Cultura – Avenida Erico Veríssimo, 307

Datas: 4, 11 e 18 de Dezembro, segundas-feiras, às 18h30

Entrada: R$30,00 inteira e R$15,00 meia entrada (estudantes, professores, funcionários da Prefeitura de POA e aposentados)

Inscrições:  30 minutos antes do evento

 

Informações:  (51) 32898050 / (51) 32898052

 

Projeto Autor Presente do Instituto Estadual do Livro

Onde: Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães

Data: 13 de dezembro, quarta-feira, às 15h

Bate-papo com o escritor Marcelo Spalding

 

Clube de Leitura #LeiaMulheres

Onde: Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães

Data: 16 de dezembro, sábado, às 16h

Livro: Um útero é do tamanho de um punho de Angélica Freitas

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s