Festa das Artes


*Entrada gratuita*

Em comemoração ao aniversário de Porto Alegre, a Coordenação de Artes Plásticas e Coordenação de Artes Cênicas promovem neste sábado, 24 de março, a FESTA DAS ARTES. Marcada por experimentações cênicas e visuais, muita música e uma serie de performances criadas especialmente para o evento, a festa será uma noite especial para celebrarmos juntos a cultura de Porto Alegre.

Serão compostos quadros vivos baseados nas obras do acervo da Pinacoteca Ruben Berta, misturado com música eletrônica por DJs, músicas executadas ao vivo por músicos performers, cenas de teatro e textos interpretados por atores. Como pano de fundo, mas não menos importante, vídeoarte serão projetados. Os artistas irão pensar, criar e ensaiar cenas especialmente para esse dia, para celebrar o teatro e as artes visuais.

Para compor um quadro vivo, foi selecionada a obra “Os caciques”, do artista Carybé que pertence ao acervo da Pinacoteca Ruben Berta. A partir desta pintura icônica (que participa da exposição “A ventura do Moderno”) os atores: Bruno Fernandes, Juçara Gaspar, Ângela Spiazzi, Cecé Pereira, Gabrielle Fleck, Kyky Rodrigues trarão seus personagens através de cenas de teatro, enquanto o artista Falcão conta trechos de “Navio Negreiro” de Castro Alves seguido da música “Índio” de Caetano Veloso que interpretada acompanhado por Arthur de Farias no piano. Estes mesmo grupo de atores e músicos farão performances que falam sobre negritude a homenageiam o teatro de mascaras e infantojuvenil.

A artista Carla Borba apresentará a performance “Cabeça de Terra” que apresenta um embate entre o corpo da artista e a natureza. A performance consiste na presença inquietante de uma mulher vestida elegantemente, porém com a cabeça coberta por terra. A ação envolve a presença incômoda dessa mulher entre o público e o corte do tecido que retém a terra, sugerindo o esvaziamento da cabeça. A artista revela seu rosto como avesso da terra, sugerindo que sua carne é terra, seu cérebro é mineral e seu olhar vislumbra o acúmulo de camadas geológicas de uma natureza devastada.

Já o vídeo “Como matar um artista | Wie man einen Künstler tötet”, da artista Andressa Cantergiani, mostra uma ação no tráfego das cidades de Porto Alegre e Berlin, fazendo uma analogia urbana das diferenças e conexões das duas cidades e do trabalhador de arte em ação em relação ao sistema, a autoria e a participação.

A festa segue no embalo dos DJs 90s Hustla e Cocoa Mami (o Bronx).

*
A Semana de Porto Alegre é apresentada pela Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Prefeitura de Porto Alegre e Companhia Zaffari, com patrocínio Caixa e Governo Federal.
Agenciamento cultural Primeira Fila Produções.
A Semana de Porto Alegre é uma realização da Prefeitura de Porto Alegre, financiada através do Pró-cultura RS, Lei de Incentivo à Cultura,Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s