13º Palco Giratório Sesc/POA


13º Festival Palco Giratório Sesc/POA apresenta mais de 100 sessões artísticas em maio

Evento ocorre entre 04 e 26 de maio, trazendo mais de 50 espetáculos a Porto Alegre; todas as atrações possuem ingressos a partir de R$10

 

O Festival Palco Giratório Sesc/POA retorna à Capital em maio com mais de 50 espetáculos e cem sessões artísticas durante 25 dias. São atrações de teatro, dança, circo, música, cinema, artes visuais e diversas ações formativas, como oficinas, seminário, encontros e bate-papos. Entre os dias 4 e 26 de maio, apresentam-se na cidade 48 grupos, entre coletivos e artistas locais e oriundos de 13 Estados – além de uma coprodução Brasil-França.

Em sua 13ª edição, o evento conta com a presença de grupos de grande bagagem nas artes cênicas, como o Teatro da Vertigem (SP), que completa 25 anos em 2018. A companhia é conhecida pela estética própria dentro do teatro de vivência, ao utilizar espaços públicos – uma igreja, um presídio e até um rio já se tornaram palco para seus espetáculos – como cena e imergir o espectador nesse universo criado. Após mais de uma década sem apresentar espetáculos em Porto Alegre, o coletivo traz a peça O Filho, que será encenada no Ginásio do Sesc Protásio Alves (Av. Protásio Alves, 6.220), entre os dias 6 e 10 de maio.

A programação do festival reúne também atrações cariocas comoInsetos, da Companhia dos Atores; Suassuna – O Auto do Reino do Sol, da Cia Barca dos Corações Partidos; Tom na Fazenda, dirigido por Rodrigo Portella; e O Jornal – The Rolling Stones, com direção de Kiko Mascarenhas e Lázaro Ramos.

Um dos destaques deste ano é a peça Eles Não Usam Tênis Naique, da Cia Marginal (RJ), formada por atores da Favela da Maré. O trabalho aborda as complexas relações estabelecidas no mundo do narcotráfico, inclusive dentro da própria família. A peça terá apresentação única, no dia 15 de maio, às 20h, no Teatro Renascença.

A música também marcará presença nesse festival com o espetáculoMulamba. Unindo influências que vão da MPB ao rock, a atração paranaense representa um grito de vozes silenciadas que têm muito a dizer. Nesse show, munido de instrumentos de cordas e vocais de peso, o sexteto curitibano apresenta um repertório impactante e inteiramente autoral. Por meio de performances marcantes, o espetáculo traz à tona temas contundentes e emergentes, como empoderamento, assédio, resistência e amor livre, a fim de ressignificar o papel da mulher na sociedade e reforçar o protagonismo feminino na música. O espetáculo será apresentado nos dias 25 e 26 de maio, noTheatro São Pedro.

Entre os focos do evento estão os intercâmbios e conexões e a formação de plateia. Esta edição traz a novidade dos Encontros com a Plateia, em que grupos realizam bate-papos com a comunidade. No dia 16 de maio, a Cia Marginal, participa de encontro com alunos do bairro Restinga. Nesse mote de intercâmbio, o festival também promove o momento Discutindo a Cena, breve conversa após os espetáculos.

Ainda no âmbito das atividades formativas, nos dias 6, 12, 15 e 24 de maio, será realizada a Cena em Questão – Oficina Olhares da Cena, ministrada pelos editores do site AGORA – Crítica Teatral,Michele Rolim e Renato Mendonça. Direcionado a acadêmicos e pesquisadores, também é oferecida a experiência do seminário, que nesta edição tem a temática Práticas de Reinvenção em Tempos de Urgência. Inscrições para ambas as ações devem ser feitas através do e-mail palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br.

Finalizando a programação formativa, no dia 26 de maio será realizado o encontro Crítica, Curadoria e Mediação Cultural, que reunirá todos os agentes mediadores envolvidos nas atividades formativas do festival. A conversa propõe análises e reflexões com o público sobre a cena teatral vista.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

INGRESSOS

Os ingressos estarão à venda em todas as unidades Sesc do Estado e também online , a partir da quarta-feira, dia 18 de abril. O evento oferece ingressos com valores a partir de R$ 10, além de atividades gratuitas.

 

 

GRUPOS ANIVERSARIANTES

Os gaúchos da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveizcomemoram sua longa trajetória, completando 40 anos de atividades. O coletivo participa do festival com um de seus trabalhos renomados,Medeia Vozes, que conquistou oito categorias no Prêmio Açorianos. A peça será apresentada nos dias 4 e 5 de maio, às 19h, no Espaço da Terreira da Tribo. No dia 22 de maio, a atuadora integrante do coletivo Tânia Farias também encena a performanceDesmontagem Evocando Mortos – Poéticas da Experiência, às 19h, no Teatro do Sesc.

O Festival Palco Giratório Sesc/POA também conta com os grupos Cia Estravaganza (RS) e Armazém Cia de Teatro (RJ), que completam 30 anos de história. O primeiro apresenta a peçaEspalhem Minhas Cinzas na Eurodisney nos dias 4 e 5 de maio, às 19h, no Teatro do Sesc. Já o segundo encena a montagemHamlet nos dias 9 e 10 de maio, no Teatro Renascença. O espetáculo baseado na obra William Shakespeare venceu a categoria Melhor Cenário no 30º Prêmio Shell de Teatro.

A Cia dos Atores (RJ), que soma 25 anos em 2018, também traz um trabalho intenso a Porto Alegre: Insetos será apresentada nos dias 11 e 12 de maio, às 19h, no Teatro do Sesc. Em comemoração ao aniversário de 25 anos do Teatro da Vertigem, o festival preparou uma programação especial. Além das apresentações, o coletivo promove também o Laboratório Cênico com o Teatro da Vertigem, que antecede as encenações. Entre 1º e 5 de maio, será realizada essa ação com atores gaúchos – e, ao final, seis deles terão a oportunidade de participar do espetáculo O Filho. As inscrições podem ser feitas até 26 de abril pelo e-mail palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br.

Ainda em alusão ao aniversário da companhia, no dia 7 de maio será realizada uma Roda de Conversa aberta ao público com a diretoraEliana Monteiro e o desenhista de luz Guilherme Bonfanti. Ambos irão abordar o histórico do Teatro de Vertigem, comentando sobre suas produções, também refletindo sobre a relação entre os espaços urbanos e a arte, sua ocupação e apropriação. O encontro rola às 10h, no Departamento de Artes Dramáticas da UFRGS. Entre os dias16 e 18 de maio, será exibida uma mostra de filmes referentes ao grupo. As produções, que abordam sua trajetória, trabalhos e refletem sobre seu estilo, serão exibidas em horários variados no Teatro Bruno Kiefer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s