GRUPOJOGO APRESENTA WOYZECK


GRUPOJOGO APRESENTA WOYZECK NO TEATRO DO INSTITUTO GOETHE

Woyzeck de Georg Büchner
» Teatro do Goethe-Institut Porto Alegre (Rua 24 de Outubro, 112)
» 03,04,05 de dezembro às 20 horas
» Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia entrada.
Espetáculo de Conclusão da Oficina de Criação e Montagem do GRUPOJOGO.
» A peça escolhida para este ano é WOYZEC (1837) do autor alemão Georg Büchner, que faleceu aos 23 anos de idade, e deixou a peça inacabada. No entanto, o texto é considerado a obra-prima de Büchner, pois torna-se um exemplo de texto inacabado que parece preservar o sentido de uma obra completa. Hoje é o texto alemão mais montado no mundo, tendo sido adaptado para a ópera e para o cinema.Precussor da dramaturgia moderna, Büchner vai além do que propuseram naturalistas e realistas do início do século XX. Abandona o culto ao aristotelismo, e antecipa em Woyzeck vários recursos característicos do gênero épico, que viriam a ser utilizados cem anos depois por Bertolt Brecht.

A história da peça é ao contrário do herói trágico de sentimentos nobres e condição superior, temos aqui o (anti) herói que pertence a uma classe subalterna e caminha para seu fim trágico sem consciência da dimensão dos fatos. O personagem-título é fuzileiro miliciano e age como se tivesse algum distúrbio mental que o imbeciliza. É servil, comunica-se de modo um tanto confuso e parece ter alucinações envolvendo uma ameaça que está prestes a atingir a região onde mora. Objeto de chacota e exploração de homens influentes – o médico, por exemplo, paga-lhe alguns trocados para utilizá-lo como cobaia de experiência alimentar – Woyzeck mantém relação afetiva com Marie, a quem entrega o pouco dinheiro que ganha. Ambos criam um bebê e vivem miseravelmente. A descoberta de que sua companheira mantém um caso com o tamboreiro-mor da milícia desconcerta Woyzeck, que entra numa espiral obsessiva que culmina com o assassinato de Marie, a quem ele esfaqueia até a morte.

» Ficha Técnica:
Flavia Cassol, Henrique Strieder e Gabriel Brochier
orientação: Alexandre Dill e Guilherme Conrad
colaboração: Lucca Simas, Reynaldo Neto e Cecé Pereira
apoio: Projeto Usina das Artes/ SMC / Prefeitura de Porto Alegre
Goethe-Institut Porto Alegre
Teatro Ateliê
realização:GRUPOJOGOGRUPOJOGO APRESENTA WOYZECK NO TEATRO DO INSTITUTO GOETHE
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s