Ainda que seja noite


17 e 18/09 às 21h – Teatro Renascença
Ingressos: R$ 30 / R$ 15 (meia)

O espetáculo que comemora os 25 anos de carreira de Sílvia Canarim – fundadora da companhia homônima de Flamenco e Contemporaneidade – tem como ponto de partida o universo poético do cantor espanhol Enrique Morente, artista que revolucionou paradigmas e trouxe referências pouco usuais ao flamenco, como a poesia de Miguel Hernández e Leonard Cohen, além de fusões musicais com o rock e a música oriental. Para chegar ao resultado final, a companhia desenvolveu uma pesquisa a partir do canto flamenco e sua voz dramática e carregada de carga expressiva, em um processo criativo que explorou também as temáticas mais trabalhadas pelo cantor, como a morte, a insanidade e a guerra. Com iluminação sensível, as artistas criam belas imagens num jogo de movimentos que contrastam com a trilha.    

Ficha técnica: Concepção e Direção Coreográfica: Silvia Canarim / Direção Cênica: Carla Cassapo / Interpretes Criadoras: Iandra Cattani, Michelle Richter, Paula Finn e Silvia Canarim / Trilha Sonora: Marcelo Fornasier (participação especial de Giovani Capeletti) / Iluminação: Fabrício Simões / Figurino: Ana Medeiros (criação) e Naray Pereira (execução) / Sonorização: Driko Oliveira / Produção: Cia Silvia Canarim – Flamenco e Contemporaneidade / Preparação Vocal: Bruno Cardoso / Duração: 45 min / Recomendação etária: 12 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s