Inscrições para a Companhia de Teatro Integra Restinga


Uma parceria entre a Secretaria Municipal da Cultura (SMC) e a Caixa Econômica Federal irá promover curso de formação teatral para a comunidade do bairro Restinga. A Companhia de Teatro Integra Restinga é uma das ações do projeto Mais Restinga que irá oferecer formação e profissionalização de crianças, jovens e adultos moradores e trabalhadores do bairro. As inscrições gratuitas poderão ser realizadas entre 10 de fevereiro e 13 de março das 9h às 18h, na Estação Cidadania Restinga (rua Arno Horn, 221). As aulas começam no dia 17 de março.

Rita Spier, Janaina Pelizzon, Thiago Pirajira, Bathista Freire e Vika Schabbach que ministrarão as atividades

Companhia de Teatro Integra Restinga – a Coordenação de Artes Cênicas da SMC propôs a criação da companhia com o objetivo de dar oportunidade para diversos talentos da Restinga e fornecer uma formação completa em teatro. O programa terá como sede a Estação Cidadania, novo espaço cultural, esportivo e de assistência social da Prefeitura de Porto Alegre. Inaugurado em agosto de 2019, o Estação Cidadania Restinga já atendeu 10.240 pessoas. A obra foi realizada pela prefeitura, com execução das secretarias de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE) , da Cultura (SMC) e de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), através de convênio com o Ministério da Cidadania e investimento total de R$ 2,02 milhões. Cerca de 50 mil pessoas do bairro e das imediações serão beneficiadas.

Ao longo de 2020, 40 alunos terão aulas semanais com cinco profissionais de artes cênicas com ampla experiência em formação e atuação no mercado de trabalho: Rita Spier, Janaina Pelizzon, Thiago Pirajira, Bathista Freire e Vika Schabbach. As disciplinas ministradas serão:  atuação, direção, dramaturgia, iluminação e elétrica, cenografia e cenotécnica, figurinos e produção cultural. Durante as aulas, os professores também irão apresentar informações sobre outras áreas criativas e, principalmente, questões teóricas sobre a história da arte, com o objetivo de contextualizar os processos criativos e de construção dos trabalhos que serão desenvolvidos ao longo do ano.

O curso – Os alunos terão a oportunidade de aprender a se organizar, tanto na área de criação, como na de formação, atuando como integrantes de uma companhia de teatro. Serão preparados para continuar com apresentações do espetáculo criado no curso e para produzir novos trabalhos, bem como desenvolver novos projetos. “Os talentos já existem, a força criativa também. Na maioria das vezes o que falta é a oportunidade de acesso à técnica do teatro e principalmente a noção de pertencimento a certos espaços, a noção de que uma vida profissional nesse ramo é possível para elas também”, ressalta o coordenador de Artes Cênicas da SMC e idealizador do projeto, Fernando Zugno.

Foto: Cesar Lopes/PMPA

Em um  primeiro momento, os  alunos receberão um panorama geral sobre todas essas áreas do fazer teatral para, em seguida, serem divididos em grupos conforme suas vocações e necessidades e ficarão responsáveis por cada uma das áreas criativas dessa companhia.  Ao longo do ano, serão responsáveis por fazer apresentações e participações em eventos da sua comunidade para que, no final do outubro, estejam preparados para realizar uma grande apresentação final de uma obra artística totalmente produzida por eles, desde a concepção até a confecção dos materiais e atuação, além da iluminação e gestão da verba de produção.

“O projeto serve como uma plataforma de oportunidade para os participantes. Sabemos que a periferia é um manancial de potencialidades criativas, porém, muitas vezes, não valorizadas pelo mercado de trabalho localizado nas regiões centrais da cidade”, salienta Thiago Pirajira, um dos professores do curso. E acrescenta: “A troca entre profissionais do centro e a comunidade pode vir a abrir portas para que os jovens possam desenvolver aquilo que já realizam nas comunidades, agora tutelado, chancelado pelo espaço institucional.”

A professora Vika Schabbach acrescenta: “A importância do  projeto está em prever e instigar a autonomia dos participantes para que eles possam, após a experiência, seguir gerindo, criando e produzindo espetáculos, performances, leituras dramáticas e intervenções artísticas, bem como se engajar nas demandas da própria comunidade como nos projetos dos pontos de cultura, da escola de samba da Restinga e demais equipamentos e instituições que, em rede, estão desde agora abraçando e compondo o projeto coletivamente.”

Os encontros ocorrerão em horário extracurricular, no turno da tarde, com carga horária de 4h semanais para moradores da Restinga a partir de 12 anos. O curso terá duração total de 180h somado aos horários de ensaio e reuniões de produção do espetáculo de final de curso.

Disciplinas oferecidas
Oficina de atuação –  professora Janaina Pelizzon
Estudos e conceitos teórico-práticos focados em atuação, interpretação teatral, improvisação teatral, técnicas corporais, expressão vocal.

Oficina de direção e dramaturgia – professor Thiago Pirajira
Estudos e conceitos teórico-práticos a partir de princípios, métodos e técnicas em direção teatral. Pensar sobre a concepção do espetáculo. Desenvolvimento de dramaturgias coletivas dos alunos no meio social que habitam.

Oficina de iluminação e elétrica – professor Bathista Freire
Noções básicas de iluminação cênica, percepção de luz, elétrica básica e equipamentos.

Oficina de cenografia, cenotécnica, figurino e costura – professora Rita Spier
Estudo teórico-práticos sobre o espaço cênico, elementos e objetos cenográficos; Estudos sobre figurinos, composição de roupas, acessórios, elementos cênicos, criação e costuras para figurinos dos
personagens.

Oficina de produção cultural – professora Vika Schabbach
Estudos sobre produção cultural, conhecimentos sobre leis de incentivo cultural e produção da montagem de um espetáculo de teatro.

As apresentações serão no final de outubro no teatro da Estação Cidadania e no Teatro Renascença no Centro Municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues. As datas serão definidas conforme o andamento das aulas. Ao final do curso os alunos receberão um certificado oficial com a assinatura da Coordenação de Artes Cênicas e da Caixa Econômica Federal.

Projeto Mais Restinga – É uma proposta de trabalho social, construída em parceria entre a Prefeitura de Porto Alegre e a Caixa. O projeto promove atividades inclusivas, culturais, educativas, esportivas e recreativas que devem beneficiar mais de mil pessoas na região. A iniciativa aplica recursos do trabalho social do Programa Minha Casa Minha Vida em uma abordagem territorial, utilizando espaços públicos para a realização das atividades, concentradas em dois polos: o Centro Cultural Multimeios e a Estação Cidadania.

Inscrições para a Companhia de Teatro Integra Restinga  
De 10 de fevereiro até 13 de março das 9h às 18h, na Estação Cidadania Restinga (rua Arno Horn, 221).
Documentos necessários: Documento de identidade com foto e declaração de residência
Idade mínima: 12 anos
Informações: Coordenação de Artes Cênicas pelo telefone 3289-8064 ou pelo
e-mail cac@smc.prefpoa.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s