Longos Beijos em Ondas Curtas


◈  Local: Sala Álvaro Moreyra.
◈  Dias:
4 a 25  de abril, terças, às 20h.

◈  Duração: 80 minutos.
◈  Indicação: 12 anos.
  Entrada: R$ 10 inteira.

Foto Alisson Fernandes de Aguiar 2

Foto Alisson Fernandes de Aguiar

Houve um tempo em que o rádio foi o mais popular veículo de informação e entretenimento do mundo. Principalmente entre as décadas de 1920 e 1960 ocorreu o apogeu de programas radiofônicos que misturavam música, dramaturgia, noticiários e muito mais, para cativar os ouvintes e construir ídolos que rivalizavam em popularidade com as estrelas do cinema e, posteriormente, da televisão. Esse fascinante universo é o tema do espetáculo LONGOS BEIJOS EM ONDAS CURTAS, resultado da Oficina de Montagem da Cia Teatro ao Quadrado, com dramaturgia de Marcelo Ádams e direção de Margarida Peixoto, e elenco composto por quatorze alunos que interpretam personagens cujas vidas giram em torno da fictícia Rádio Ypióca AM.

Ambientado no início da década de 1950, na cidade de Porto Alegre, o espetáculo tem como principal cenário uma pequena emissora localizada no bairro Centro da capital gaúcha, que tem sua programação composta por radionovelas, programas de culinária, atrações infantis e reclames publicitários. Entretanto, a rotina dos artistas contratados é abalada quando a rádio é vendida para um rico anunciante, que pretende colocar sua protegida como estrela principal da Ypióca. Paralelamente aos conflitos amorosos e profissionais desenvolvidos no dia a dia da rádio, a história acompanha o outro lado do fenômeno radiofônico, e sem o qual ele não existiria: os fãs cativos que compõem a grande audiência. A família Junqueira, composta pelo pai e um casal de filhos, tem na Rádio Ypióca um motor de emoções diárias – seja pela fidelidade aos programas, seja pelas paixões que os artistas despertam com suas vozes e personalidades.

O espetáculo teve sua dramaturgia criada especificamente para o grupo de alunos, metodologia desenvolvida pela Cia Teatro ao Quadrado já há 15 anos, em que se trabalha com textos autorais escritos por Marcelo Ádams e dirigidos por Margarida Peixoto, proporcionando aos integrantes do elenco uma experiência original de criação cênica, trabalhando ainda com coreografias, canções antigas e sonoplastia com efeitos que reproduzem as práticas de sonorização das radionovelas dos anos 1950.

Página do Facebook.

Direção: Margarida Peixoto.
Assistência de direção: João Lima.
Dramaturgia: Marcelo Ádams.
Atuação: Alexsander Madeira, Bruna Eltz, Cris Rosa, Diógenes Sábio,Leandro Michel, Luiz Chanan, Lurdes Souza, Mafalda Panattieri, Magda Steffens, Paulo Arraché, Régis Conceição, Roberto Von Baranow e Winie Lacerda.
Coreografias: Nicole Fischer.
Iluminação: Wagner Duarte.
Sonoplastia: Vitorio Azevedo
Cenografia e figurinos: Oficina de Montagem da Cia Teatro ao Quadrado.
Produção: Cia Teatro ao Quadrado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s